Acusado de tentar abater avião dos EUA se diz inocente

Umar Farouk Abdulmutallab, o nigeriano de 23 anos acusado de ter tentado derrubar um avião comercial dos Estados Unidos, se declarou inocente hoje, durante seu julgamento em Detroit.

AE-AP, Agencia Estado

08 de janeiro de 2010 | 17h33

O tribunal indiciou Abdulmutallab com seis acusações relacionadas à tentativa de derrubar e também de tentar assassinar os 279 passageiros e 11 tripulantes que estavam a bordo da aeronave, que voava de Amsterdã a Detroit no dia de Natal.

Se for condenado, o nigeriano pode pegar até a prisão perpétua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.