Acusados de estupro de jovem alegam inocência

Três dos cinco acusados pelo sequestro, estupro e assassinato de uma jovem de 23 anos em Nova Délhi alegaram ser inocentes, disse à BBC o advogado Manohar Lal Sharma. Eles serão ouvidos novamente amanhã. Se condenados, podem receber a pena de morte. Outro suspeito, de 17 anos, será julgado na corte juvenil. O caso chocou a Índia e incentivou o debate sobre a situação das mulheres no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.