Adiada a audiência com sobrinha de Bush sobre porte de drogas

Uma audiência sobre o caso de porte de cocaína envolvendo Noelle Bush, sobrinha do presidente George W. Bush e filha do governador da Flórida, foi adiada quando o pessoal do centro de reabilitação onde ela se encontra se negou a cooperar com os investigadores.A polícia disse ter encontrado 0,2 gramas de crack no sapato de Noelle Bush ao visitar o centro a pedido de outro paciente. A paciente não foi detida porque o pessoal do centro se negou a prestar declaração juramentada. O juiz Reginald Whitehead adiou a audiência até que a polícia finalize suas investigações. A porta-voz policial LisaRobertson disse que o pessoal do centro não estava cooperando com a investigação. Um tribunal ordenou que Noelle Bush se submetesse a um tratamento de reabilitação após ser detida em janeiro, acusada de tentar comprar um medicamento de venda restrita com uma receita falsificada. Ela entrou no centro de reabilitação com a possibilidade de que as acusações fossem suspensas se completasse o tratamento. Em julho, Noelle foi surpreendida na posse depílulas que pertenciam a um funcionário do centro e cumpriu três dias de prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.