Adiada libertação de agressor de Bush

A libertação do jornalista iraquiano Muntazer al-Zaidi, condenado a 1 ano de prisão por jogar seus sapatos contra o ex-presidente dos EUA George W. Bush, foi adiada de ontem para hoje pela Justiça iraquiana. Advogados do repórter disseram que o governo não deu explicações para o adiamento. Zaidi, repórter do canal de TV por satélite Al-Baghdadia, transformou-se, com seu gesto, em um símbolo da luta contra a ocupação americana do Iraque, onde é considerado "herói nacional".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.