Adiada nova fase do julgamento de Milosevic

O Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPII) adiou a abertura da argumentação de defesa do ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic, atendendo a uma recomendação médica. De acordo com médicos, a alta pressão sangüínea prejudica o funcionamento do coração do ex-líder iugoslavo. Mesmo quando, sua pressão fica acima da normal.Em momento tensos de seu julgamento por supostos crimes de guerra e atrocidades durante as guerras que afligiram os Bálcãs nos anos 90, os médicos alertaram que a pressão sobe a níveis perigosos. O assunto foi debatido nesta segunda-feira, durante sessão aberta da corte estabelecida em Haia, Holanda.Milosevic, de 62 anos, está cuidando de sua própria defesa desde o início do julgamento no TPII, em fevereiro de 2002. A tarefa exige horas seguidas no tribunal e muitas horas de trabalho na cela, onde ele pesquisa testemunhas e prepara acareações. O processo já foi adiado em diversas ocasiões por causa de fadiga e hipertensão.De acordo com um exame médico lido perante a corte, Milosevic sofreu "danos orgânicos" devido à alta pressão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.