Adiado para quinta resultado de 1a fase da eleição egípcia

O resultado da fase inicial da primeira eleição parlamentar do Egito depois da derrubada do presidente Hosni Mubarak será anunciado na quinta-feira, afirmaram autoridades, um dia depois do previsto, por causa do alto comparecimento e da lentidão para a chegada dos resultados do Exterior.

REUTERS

30 de novembro de 2011 | 15h15

Disputando as primeiras eleições sem as restrições às suas atividades, o partido da Irmandade Muçulmana diz que está liderando em uma contagem inicial, mas os analistas afirmam que a presença de tantos eleitores de primeira viagem torna difícil prever o resultado.

O resultado foi adiado porque a Alta Comissão Eleitoral ainda estava aguardando pela chegada dos votos vindos do Kuweit, dos Emirados Árabes Unidos e da Arábia Saudita, onde milhões de egípcios trabalham, afirmaram autoridades da comissão.

Ela também atribuiu o adiamento do resultado ao alto comparecimento na eleição que ocorreu ao longo de dois dias. Um membro do conselho do Exército que governa o país estimou na terça-feira em mais de 70 por cento o comparecimento - muito mais do que o das eleições da era Mubarak. Os monitores afirmaram que a presença dos eleitores foi de mais de 50 por cento.

"Os juízes ainda não terminaram a contagem até agora por causa do altíssimo comparecimento", afirmou Yousry Abdel Karim, vice-presidente da Alta Comissão Eleitoral.

Outra autoridade da comissão afirmou que a votação demorou mais do que o esperado na capital, Cairo, e em outras áreas.

Abdel Karim disse que o órgão eleitoral ainda não tinha nenhuma indicação sobre o resultado, embora os partidos tenham apresentado estimativas próprias.

(Reportagem de Omar Fahmy, Dina Zayed e Tom Pfeiffer)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOELEICAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.