Adolescente americano sequestrado nas Filipinas é solto

Um adolescente americano que havia sido sequestrado com sua mãe e primo por supostos militantes islâmicos no sul das Filipinas foi libertado hoje, após cinco meses de cativeiro na selva, informaram autoridades militares.

AE, Agência Estado

10 de dezembro de 2011 | 14h46

Kevin Lunsmann, de 14 anos, foi liberado na ilha de Basilan, no extremo sul das Filipinas, onde tem seu quartel-general o grupo terrorista islâmico Abu Sayyaf, vinculado à Al-Qaeda. Acredita-se que o grupo esteja por trás do sequestro.

A mãe do garoto, a filipino-americana Gerfa Yeatts Lunsmann, foi libertada há cerca de dois meses. O primo de Kevin, Romnick Jakaria, conseguiu escapar no mês passado quando forças especiais do exército filipino se aproximaram de um acampamento do Abu Sayyaf nas montanhas de Basilan.

Os três passavam férias com parentes em uma ilha próxima à cidade de Zamboanga quando foram raptados, em 12 de julho, e levados de barco para Basilan. Não há informações sobre pagamento de resgate. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
refémlibertaçãoFilipinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.