Adolescente atira contra colega de classe no México

Um estudante de 13 anos disparou acidentalmente contra uma colega de 12, em uma escola secundária da Cidade do México, nesta quinta-feira. O aluno teria comprado a arma e levado à escola para mostrá-la aos colegas. A bala atingiu a cabeça da garota, identificada como Dalia Gómez Moreno. Ela está internada em estado grave.O colega de Dalia foi detido e deverá ser apresentado à Justiça. Por lei, assim como no Brasil, menores de 18 anos não podem ser julgados como adultos. O castigo mais grave a que o adolescente pode ser submetido é o confinamento em um centro de detenção para jovens até que atinja a maioridade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.