Adolescente declara-se culpado nos atentados de Madri

O primeiro julgamento gerado pelos atentados terroristas contra trens em Madri terminou após 25 minutos, quando um adolescente espanhol declarou-se culpado da acusação de ter ajudado a transportar a dinamite usada nos ataques. O jovem de 16 anos aceitou a pena sugerida pelo promotor, de seis anos numa instituição juvenil. Os atentados de 11 de março mataram 191 pessoas e foram atribuídos a extremistas islâmicos ligados à Al-Qaeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.