Adolescente é o autor de enquete sobre morte de Obama

Um adolescente foi o responsável pela publicação de uma pesquisa na internet sobre se o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deveria ser assassinado. Não serão formalizadas acusações no caso, informou hoje o serviço secreto americano.

AE, Agencia Estado

01 de outubro de 2009 | 16h52

"Nós o entrevistamos na presença dos pais", disse hoje Ed Donovan, um porta-voz do serviço secreto. "Não havia intenção criminosa da parte deste adolescente. Estamos caracterizando o caso como um engano", concluiu Donovan à AFP.

A pesquisa foi publicada no fim de semana por um usuário do site de relacionamentos Facebook. Os administradores do site retiraram a enquete do ar e bloquearam o acesso do usuário assim que foram notificados, disse um porta-voz do Facebook.

Na sondagem, perguntava-se se "Obama deveria ser morto?". As respostas possíveis eram "sim", "não", "talvez" e "sim, caso ele corte meu seguro-saúde". Mais de 750 pessoas já haviam votado quando a pesquisa foi retirada do ar. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.