Adolescente palestino é assassinado na Faixa de Gaza

Um adolescente morreu e outros 15 palestinos ficaram feridos nesta quarta-feira, durante uma investida das tropas israelenses à Faixa de Gaza, na região próxima à fronteira do Egito. Segundo oficiais palestinos e testemunhas, os israelenses vieram armados com tanques e escavadoras e destruíram 10 edifícios. O general palestino Abdel Razek el-Makjaida disse que o exército de Israel usou os tanques para dar cobertura à operação.O engenheiro agrícola, Ahmed Shaer, uma testemunha do ataque, disse que as escavadoras destruíram estufas e terras destinadas à agricultura, enquanto os palestinos disparavam mísseis anti-tanques contra os israelenses. O exército de Israel disse que estava checando os relatos, mas um porta-voz informou que os confrontos haviam se estendido por todo o dia.Ontem, os palestinos enterraram cinco vítimas de duas misteriosas explosões, incluindo um irmão e uma irmã de sete e quatro anos, respectivamente. Os israelenses, por sua vez, enterraram um colono judeu que, como seu pai, foi morto a tiros numa emboscada em uma estrada.A violência diminuiu ainda mais as esperanças de um plano de trégua atualmente em discussão. O ministro do Exterior de Israel, Shimon Peres, começou a negociar em Washington um cessar-fogo para dar um fim aos oito meses de violência na região.Ele disse que o envolvimento dos Estados Unidos no acordo de cessar-fogo é essencial para acabar com a violência. Na Jordânia, o líder palestino Yasser Arafat também disse que espera chegar a uma trégua com Israel. Ambos os lados se acusam pela violência.Leia também: Colono judeu e policial palestino são mortos em dia de funerais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.