Adolescente sobrevive a segundo acidente aéreo

Austin Hatch, de 16 anos, que havia perdido a mãe e os dois irmãos no primeiro desastre de avião, perdeu o pai no segundo.

BBC Brasil, BBC

27 de junho de 2011 | 06h54

Um adolescente americano de 16 anos sobreviveu a um acidente aéreo que matou seu pai e madrasta.

Foi o segundo desastre grave de avião ao qual o jovem, chamado Austin Hatch, sobrevive.

No primeiro acidente, em 2003, ele perdeu a sua mãe, sua irmã e irmão. Seu pai que estava a bordo, também sobreviveu ao desastre na ocasião.

Austin Hatch, do Estado americano de Indiana, estava a bordo do avião e, juntamente com seu pai e madrasta, se dirigia à casa de veraneio de sua família.

Ma o avião, que partiu do aeroporto de Smith Field, em Fort Wayne, no estado de Indiana, caiu de bico na garagem de uma casa em uma área residencial perto do aeroporto municipal de Charlevoix, no noroeste do Estado do Michigan.

O avião, um monomotor, decolou na sexta-feira de manhã, e estava sendo pilotado pelo pai do jovem.

De acordo com o treinador de basquete de Austin Hatch, o adolescente deverá ser retirado do estado de coma induzido a que foi submetido por seus médicos, mediante medicamentos, nesta segunda-feira.

No desastre, Hatch sofreu um ferimento na cabeça, um perfuramento no pulmão e fraturas nas costelas e na clavícula.

Hatch é um jovem atleta e havia sido recrutado para atuar em uma equipe de basquete colegial.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
jovemacidenteaéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.