Adultério é crime militar

No código militar dos EUA, o adultério é crime e pode levar a pena de 1 ano de prisão e o afastamento definitivo do soldado, sem direito a aposentadoria. No entanto, não há registro de um militar que tenha sido condenado apenas por trair o cônjuge - geralmente, o adultério soma-se a outras acusações, como desacato, mentir ao superior ou comportamento inapropriado. Em 2002, o presidente George W. Bush emitiu uma ordem dificultando ainda mais a punição de soldados por adultério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.