Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Advogado de líder religioso chinês é preso

O advogado de um líder de igreja cristã não-oficial da China foi preso, juntamente com um casal de membros da igreja, denunciam grupos internacionais de direitos humanos. Xiao Biguang, um defensor da liberdade religiosa e dos direitos dos trabalhadores, foi capturado em 26 de setembro pela polícia e vem sendo mantido num local secreto, diz Bob Fu, presidente da associação China Aid, baseada nos EUA.Junto com ele foi preso Zhang Yinan, um historiador pertencente ao movimento religioso ilegal, disse Fu. A mulher de Zhang, Ding Guizhen, que é médica, também foi presa. Xiao coordenou a defesa de Gong Shengliang, fundador da Igreja do Sul da China, condenado por estupro e ataque. Apoiadores da igreja dizem que Gong rejeita as acusações.Fu não deu os motivos prováveis da prisão. O caso Gong é desperta grandes suscetibilidades na China, e segue envolto em segredo. O advogado chegou a entrar em contato com jornalistas estrangeiros sobre o caso e denunciou abusos contra o acusado.As autoridades chinesas só permitem o culto religioso em igrejas sob supervisão do Estado. Milhões de crentes, porém, pertencem a congregações ilegais e se arriscam a sofrer perseguição ou ir para a cadeia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.