Aérea informa origem das vítimas da tragédia na Ucrânia

Os passageiros eram em sua maioria holandeses, mas também havia australianos, malaios e indonésios em grande número

Agência Estado

17 de julho de 2014 | 19h09

A companhia aérea Malaysia Airlines informou a nacionalidade dos passageiros presentes no voo MH17, que caiu nesta quinta-feira no leste da Ucrânia, região dominada por separatistas pró-Rússia.

Segundo informações de executivos da empresa, entre os 283 passageiros do voo que ia de Amsterdã a Kuala Lumpur, haviam 154 holandeses, 27 australianos, 23 malaios, 11 indonésios, 6 britânica, 4 alemães, 3 filipinos e um canadense. Outros 47 passageiros ainda não foram identificados.

A empresa informou também que enviou um grupo de investigadores ao local da queda do avião. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaaviãoquedavítimas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.