Aeronáutica prepara resgate de brasileiros na Bolívia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou que a Aeronáutica mande aviões para a capital da Bolívia, La Paz, a fim de resgatar os brasileiros que se encontram em situação de risco no país. Os aviões partiram no final da tarde. O governo considera que esta é uma missão militar de alto risco e por isso está tentando manter os dadosda operação sob sigilo. O temor é que os aviões possam ser atingidos pelas forças que combatem o governo do presidente Gonzalo Sánchez deLozada. O próprio aeroporto de La Paz está com restrições de uso.O Palácio do Planalto confirmou o envio de duas aeronaves. Uma delas é um Hércules, um avião de transporte de tropas que poderá ser improvisado para trazer turistas. A operação é considerada complexa e já estava sendo preparada desde o início da semana. Além dos dois aviões, helicópteros também foram mobilizados para a operação, que seria desencadeada a partir de Campo Grande (MS).Em nota oficial, o Ministério das Relações Exteriores informou que "a operação de evacuação dos brasileiros que se encontram de passagem porLa Paz" foi decidida após o governo brasileiro ter recebido "informações e avaliações" da Embaixada do Brasil na capital boliviana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.