Aeronave da Otan cai no Afeganistão e mata quatro

Aeronave da Otan cai no Afeganistão e mata quatro

Uma aeronave Osprey da Força Aérea dos Estados Unidos caiu no sudeste do Afeganistão, matando três soldados e um empreiteiro, informou hoje a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

AE-AP, Agência Estado

09 de abril de 2010 | 16h33

Foi a primeira queda desse modelo de aeronave, que pode se comportar como avião e como helicóptero numa zona de combate, embora seu sistema de hélices permita que ele voe mais rápido do que um helicóptero.

O CV-22 Osprey caiu a cerca de 11 quilômetros de Qalat, a capital da província de Zabul, disse a Otan. O porta-voz do governo de Zabul, Mohammed Jahn Rasuliyar, confirmou o acidente e o número de mortos.

Bomba

Uma bomba colocada à margem de uma estrada atingiu um pequeno ônibus no distrito de Kushki Kuhna, na província de Herart, matando três civis e ferindo cinco, informou o líder da polícia regional Malam Khan Noorzae.

A Otan também informou que tropas afegãs e estrangeiras mataram diversos insurgentes durante uma operação para capturar um alto comandante taleban suspeito de fornecer materiais usados na fabricação de bombas colocadas à margem de estradas.

A aliança disse que dois insurgentes foram capturados durante a operação realizada na quarta-feira em Helmand, mas não disse se eles eram o alvo da ação. Hoje, uma patrulha internacional descobriu 1.130 quilos de sementes de maconha num complexo residencial vazio no distrito de Reg, em Helmand.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoOtanaeronavequedamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.