Aeroporto de Denver reinicia operações após nevasca

Quase dois dias depois de uma forte nevasca obrigar a suspensão de todos os vôos, o aeroporto internacional de Denver - o quinto mais movimentado nos Estados Unidos - reiniciou de maneira limitada algumas de suas operações nesta sexta-feira. Duas das seis pistas do aeroporto foram abertas ao meio-dia.As demoras nos vôos deixaram milhares de viajantes em Denver e outros lugares com atrasos de vários dias em seus itinerários de viagem antes do Natal. O primeiro vôo de passageiros a partir do aeroporto em dois dias foi o Airbus A-319 da Frontier Airlines, que levava seus 132 assentos ocupados com destino a Atlanta. Milhares de passageiros ainda estavam presos no aeroporto. Podem ser necessários alguns dias para eliminar os atrasos, e alguns destes passageiros podem não chegar a tempo a seus lares para o Natal. O cancelamento de mais de 2.000 vôos de quarta até sexta-feira provocou efeitos colaterais que afetaram o transporte aéreo de todo o país. Além disso, as fortes chuvas registradas a leste do rio Mississipi agravaram a crise ao provocar demoras nos aeroportos de Chicago, Cleveland e Washington, assim como outras cidades.A tempestade de neve foi a pior no Colorado desde março de 2003, quando a nevasca paralisou a região e matou seis pessoas. A tempestade atual afetou 3,8 milhões de pessoas, mas até o momento não há registro de mortes ou feridos graves.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.