Aeroporto de Johanesburgo é rebatizado

O Aeroporto Internacional de Johanesburgo, o terminal aéreo mais importante da África, mudou de nome nesta quinta-feira e passou a se chamar Aeroporto OR Tambo, em homenagem a um líder do partido governista já morto.A mudança de nome, que tinha sido anunciada em 31 de agosto, ocorreu em meio aos protestos da oposição, que é contrária a um compromisso das autoridades para eliminar as referências históricas em casos como este.Oliver Reginald Tambo, dirigente do governista Congresso Nacional Africano (ANC, sigla em inglês) e uma das principais figuras na luta contra o regime do "apartheid", que terminou no final dos anos 80, morreu em 23 de abril de 1993, vítima de um derrame cerebral.A mudança de nome do terminal aéreo foi marcada por uma cerimônia assistida pelo ex-presidente Nelson Mandela e pelo atual governante, Thabo Mbeki, entre outros altos funcionários, líderes do partido governista e parentes de Tambo."Se não sabemos quem fomos, não saberemos quem seremos", afirmou Mbeki em discurso no terminal aéreo, cujos cartazes indicativos já foram mudados para concluir a mudança.O nome Aeroporto Internacional de Johanesburgo foi fixado depois do fim do regime de segregação racial, substituindo a denominação anterior, que levava o nome do ex-premier Jan Smuts, morto em 1950.O Governo eleito em 1994, presidido por Nelson Mandela, o primeiro governante negro na história da África do Sul, disse que deveriam ser eliminadas as referências históricas em casos como os nomes dos aeroportos. Mas o nome que entrou em vigor nesta quinta-feira rompe esse compromisso. "Lugar algum da África do Sul pertence a um só partido ou raça", afirmou no fim de agosto a deputada Desiree van der Wal, da coalizão opositora Aliança Democrática.Também está em curso uma gestão para renomear a áreametropolitana de Pretória, a capital, como Tshwane, com exceção do centro comercial da cidade, que continuará se chamando Pretória. A decisão final depende do Ministério de Artes e Cultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.