Aeroporto de Luton, perto de Londres é reaberto

O aeroporto de Luton, nas proximidades de Londres, foi reaberto nesta segunda-feira após uma ameaça de bomba ter levado ao esvaziamento do local e ao cancelamento de voos, disseram autoridades.

Estadão Conteúdo

08 de setembro de 2014 | 15h17

Luton, de onde saem os voos de empresas como a EasyJet, a segunda maior companhia aérea da Europa, ficou fechado durante horas e reabriu depois de a polícia conduzir uma explosão controlada de um pacote encontrado no local. "O item destruído, embora considerado suspeito, não apresentava perigo mais amplo", declarou a polícia de Bedfordshire em comunicado.

O aeroporto informou que decidiu fechar o terminal depois de entrar em contato com a polícia, o que aconteceu "após um item suspeito ter sido encontrado numa área de segurança".

A polícia foi chamada ao local às 13h36 (horário local) e destruiu o objeto às 17h15 (horário local), depois de uma equipe de destruição de material explosivo ter realizado as verificações de praxe, informou a polícia.

A EasyJet disse que teve de desviar voos para outros aeroportos da região de Londres e para Birmingham. A companhia aérea disse que levaria os passageiros de ônibus até Luton.

Outros 12 voos da EasyJet foram cancelados, já que as aeronaves não podiam desolar sem pousar, informou a empresa. Voos de outras companhias, como a Ryanair Holdings e da Wizz Air, também foram afetados.

O tráfego na via que leva ao terminal foi interrompido, disseram autoridades aeroportuárias. Luton fica a cerca de 48 quilômetros ao norte de Londres.

Nenhuma prisão relacionada ao incidente foi realizada, disse a polícia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.