Aeroporto de Sydney sofre com queda de energia

Uma falha elétrica no aeroporto de Sydney prejudicou milhares de pessoas às vésperas de um prolongado recesso escolar, que é um período movimentado para voos domésticos.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2014 | 00h29

A Qantas Airways e a Virgin Austrália alertaram que alguns voos domésticos foram cancelados e aconselharam os passageiros a não irem ao Terminal 2 nesta sexta-feira. A queda na energia, que está sendo restaurada, afetou o processo de check-in e inutilizou o equipamento de escaneamento de segurança.

A Sydney Airport disse ter identificado um problema em uma subestação elétrica próxima ao aeroporto. Uma porta-voz também explicou que há acordos confidenciais com as companhias aéreas que não permitem revelar o custo de tal incidente.

O terminal é usado principalmente pela Virgin Australia e pelo braço de baixo custo da Qantas, a Jetstar, que anunciou o cancelamento de 10 voos. As duas companhias disseram que os passageiros que preferirem não viajar hoje poderão conseguir um reembolso ou um outro voo em um dia alternativo.

Hoje é o último dia de aula antes de um recesso de duas semanas no Estado de Nova Gales do Sul, onde Sydney está localizada. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Austráliaaeroportoenergia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.