AP Photo/Frank Augstein
AP Photo/Frank Augstein

Aeroporto em Londres é fechado por descoberta de bomba da 2ª Guerra

Peça de artilharia foi encontrada no Tâmisa durante a realização de obras no aeroporto no domingo e que criou uma zona de exclusão de 200 metros

O Estado de S.Paulo

12 Fevereiro 2018 | 11h06

LONDRES -  Todos os pousos e decolagens foram cancelados no Aeroporto da Cidade de Londres, quinto maior e o mais centralizado da capital, nesta segunda-feira depois que uma bomba jamais detonada da Segunda Guerra Mundial foi encontrada no cais George 5º do rio Tâmisa, informou o aeroporto.

+ Senado polonês adota polêmica lei sobre Holocausto criticada por EUA e Israel

A polícia informou que a peça de artilharia foi encontrada durante a realização de obras no aeroporto no domingo e que criou uma zona de exclusão de 200 metros.

A Polícia Metropolitana disse que as propriedades situadas dentro da zona de exclusão foram esvaziadas e que várias ruas foram isoladas.

“O aeroporto está cooperando plenamente com a Polícia Metropolitana e a Marinha Real e trabalhando duro para remover o artefato com segurança e resolver a situação o mais rápido possível”, disse o diretor-executivo do Aeroporto da Cidade de Londres, Robert Sinclair.

A companhia aérea regional CityJet informou que seus voos partindo do aeroporto foram redirecionados para o aeroporto londrino de Southend. A italiana Alitalia comunicou que operará seus voos no aeroporto de Stansted, também localizado na capital inglesa.

A British Airways informou estar tentando minimizar os transtornos para os passageiros desde o fechamento do aeroporto.

“Estamos remarcando os passageiros que deveriam viajar hoje para voos alternativos ou oferecendo reembolsos para aqueles que não querem mais viajar”, informou a empresa aérea em comunicado. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.