Aeroporto equatoriano reabre após erupção de vulcão

O aeroporto internacional de uma das maiores cidades do Equador reabriu hoje depois de ter ficado fechado por um dia devido à erupção de um vulcão. Um comunicado das autoridades da aviação civil disse que o aeroporto Joaquim de Olmedo na cidade portuária de Guayaquil retomou suas operações normais no final da tarde de ontem.

AE- AP, Agência Estado

30 Maio 2010 | 16h04

O aeroporto foi fechado na sexta-feira por causa das cinzas espalhadas pela erupção do vulcão Tungurahua. Centenas de pessoas tiveram de ser retiradas das vilas próximas ao vulcão. Desde então, as explosões se enfraqueceram e o Instituto de Geofísica do Equador afirmou ontem que Tungurahua estava expelindo menos fumaça e cinzas.

O vulcão Tungurahua está situado a 150 quilômetros ao sul de Quito, capital do Equador. Em 2006, uma erupção destruiu vilas inteiras e matou pelo menos quatro pessoas.

Mais conteúdo sobre:
Equador aeroporto vulcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.