Aeroporto tailandês volta a ter decolagens com fim de ocupação

Don Muang, situado 30 quilômetros ao norte de Bangcoc, administra vôos domésticos

Efe,

04 de dezembro de 2008 | 03h01

O primeiro avião comercial decolou esta manhã (local) do aeroporto de Don Muang, o segundo mais importante da capital da Tailândia, depois do fim da ocupação que durou mais de uma semana e terminou na última terça-feira. Veja também:Suspeito admite treinamento no Paquistão, diz polícia da ÍndiaCompanhia aérea da Tailândia pedirá indenização de R$ 1,3 biRice pede que Paquistão colabore com investigação na ÍndiaBrasil aprova venda de mísseis para o Paquistão Paquistão julgará suspeitos por ataques na Índia  Índia jamais cauterizou as feridas de 1947 Terroristas islâmicos de Mumbai não tinham 'remorso'Assista ao vídeo com cenas dos ataques Imagens de Mumbai   O avião comercial decolou com destino à província de Ubon Ratchathani, às 6h (local). Don Muang, situado 30 quilômetros ao norte de Bangcoc, administra vôos domésticos desde que deixou de ser o principal aeroporto da capital com a inauguração de Suvarnabhumi, em 2006. O aeroporto internacional de Suvarnabhumi começou a operar na quarta-feira, apesar de as autoridades anunciarem que os primeiros vôos decolariam na sexta-feira. Milhares de seguidores da Aliança do Povo para a Democracia fecharam os dois aeroportos por mais de uma semana, deixando a 350 mil passageiros sem vôos. Os protestos chegaram ao fim quando o Tribunal Constitucional da Tailândia ordenou a dissolução de três das seis legendas da coalizão de Governo, além de inabilitar 109 políticos por fraude eleitoral, entre eles o primeiro-ministro, Somchai Wongsawat.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.