Aeroportos brasileiros reforçam segurança

Os aeroportos brasileiros reforçaram seus esquemas de segurança nesta quinta-feira depois que a polícia de Londres anunciou ter desmantelado um plano que visava explodir 10 aviões em pleno vôo. A informação desencadeou uma série de alertas de atentado terrorista em países de todo o mundo, provocando o fechamento de aeroportos nos EUA e Europa. Segundo a Infraero, os departamentos de segurança dos aeroportos brasileiros foram instruídos a aumentar o controle no manuseio de bagagens e redobrar a atenção durante a fiscalização com Raio-X.Além disso, os funcionários terão que ficar atentos à movimentação nos pátios e à entrada de pessoas estranhas nos terminais aéreos. De acordo com a assessoria de imprensa da Infraero, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, o movimento nesta quinta foi comum, apesar do reforço na segurança. Não houve filas e os vôos diários com origem e destino a Londres, realizados pela British Airways, decorreram normalmente. As companhias aéreas também receberam avisos para aumentar a fiscalização em aeroportos de todo o País. Enquanto a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) divulgou em seu site um aviso afirmando que a ação foi realizada em conjunto com a Infraero, a assessoria de imprensa da empresa informou que o reforço na segurança foi feito por conta própria, sem qualquer ordem da agência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.