Aeroportos de Paris recebem combustível para operar

O abastecimento de combustível nos aeroportos de Paris voltou a funcionar novamente, afirmou hoje uma autoridade, depois da divulgação de que estavam trabalhando irregularmente por causa da greve contra a reforma do sistema de aposentadoria da França.

AE-DOW JONES, Agência Estado

16 de outubro de 2010 | 16h47

"O fornecimento de combustível nos aeroportos de Paris se normalizou na tarde de sábado, o que afasta a ameaça de desabastecimento em Roissy-Charles de Gaulle", afirmou o chefe da aviação civil, (DGAC), Patrick Gandil.

O ministro do meio ambiente havia informado mais cedo que os principais aeroportos da França, incluindo o Charles de Gaulle, corriam o risco de enfrentar sérios problemas de desabastecimento de combustível a partir de segunda-feira.

Gandil afirmou que apenas a situação do aeroporto de Nantes era crítica devido a falta de combustível e que vários voos tiveram de ser cancelados, "Nantes é o único aeroporto nessa situação", completou Gandil. Caminhões abasteceram os aeroportos de Paris, mas o combustível pode faltar novamente a partir de domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
Françagreveaeroportos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.