Aeroportos do Brasil têm 11 novas regras de segurança

Os aeroportos brasileiros terão de cumprir 11 novas regras de segurança. As medidas foram determinadas nesta quinta-feira pelo Departamento de Aviação Civil (DAC) e entram em vigor imediatamente.A partir de agora, o Brasil cria procedimentos que já são muito comuns em países desenvolvidos, como a inspeção periódica de áreas públicas (banheiros e cabines telefônicas) e a fiscalização de cinzeiros e lixeiras.Treinamento e fiscalizaçãoA segurança será reforçada nos terminais e em áreas internas dos aeroportos. Funcionários e prestadores de serviço receberão treinamento de segurança. Internamente, serão estabelecidos procedimentos para situações de emergência a comunicação terá que ser padronizada.A lista com as novas regras de segurança foi obtida pelo Estado extraoficialmente com empresas aéreas nacionais, já que o documento é de uso reservado do Departamento de Aviação Civil. O documento foi enviado nesta quinta à Infraero, órgão que administra os aeroportos e é responsável pela aplicação das normas estabelecidas pelo DAC.As companhias também receberam as novas normas nesta quinta, mas não disseram quando pretendem começar a implantá-las.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.