Afastado padre acusado de abusar de noviças nos EUA

Um padre católico acusado de molestar jovens que estudavam para se tornar freiras está impedido de realizar os sacramentos e de executar outros deveres sacerdotais, anuncia a Arquidiocese de Boston. Robert V. Meffan supostamente se apresentava às noviças como ?a segunda vinda de Cristo? e as incitava a se tornarem ?noivas de Cristo?. Ele já havia sido afastado em 1993, quando as primeiras acusações surgiram. Os fatos teriam ocorrido nos anos 60.A arquidiocese emitiu nota informando que, desde 20 de maio, Meffan ?não é mais um padre?. O porta-voz, reverendo Chrstopher Coyne, não informou se Meffan havia sido expulso do sacerdócio ou se pedira para sair.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.