Afeganistão e EUA firmam acordo sobre incursão policial

O governo do Afeganistão assinou um acordo com os Estados Unidos para controlar as incursões policiais noturnas realizadas pelas tropas americanas em áreas residenciais para capturar insurgentes. O presidente afegão Hamid Karzai pediu várias vezes para que as incursões fossem interrompidas, dizendo que elas traziam mortes entre civis e que as tropas internacionais eram desrespeitosas na forma que conduziam suas operações. Os militares norte-americanos afirmam que estas operações são essenciais para capturar comandantes do Taleban e da Al-Qaeda.

AE-AP, Agência Estado

08 de abril de 2012 | 12h33

A solução desta disputa é um passo importante para finalizar a parceria estratégica de longo prazo para governar as tropas americanas no Afeganistão depois que a maioria das forças de combate deixar a região em 2014. O pacto de longo prazo está sendo visto como importante para assegurar aos afegãos que eles não serão abandonados pelos aliados internacionais.

Pelo acordo, as autoridades afegãs tem autoridade sobre as incursões e confere aos americanos um parceiro afegão que também será tratado igualmente caso as operações tenham vítimas ou alegações de maus tratos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
acordoAfeganistãoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.