Afeganistão e Paquistão negociam reconciliação

O Ministério das Relações Exteriores do Paquistão anunciou, neste domingo (11), que Salahuddin Rabbani, chefe do Conselho de Paz do Afeganistão nas negociações com o Taleban, vai visitar Islamabad para negociar uma reconciliação.

DANIELLE CHAVES, Agência Estado

11 de novembro de 2012 | 13h42

A partir desta segunda-feira (12), Rabbani conduzirá três dias de negociação com líderes políticos e militares do Paquistão.

Islamabad tem um papel-chave em qualquer negociação para o fim do conflito, já que muitos líderes do Taleban fugiram para o Paquistão depois da invasão liderada pelos Estados Unidos ao Afeganistão em 2001.

Cabul criou o Conselho de Paz do Afeganistão em 2010, para negociar o fim da década de guerra. Os Estados Unidos e seus aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) pretendem retirar-se do Afeganistão em 2014.

Rabbani foi nomeado chefe do conselho depois que seu antecessor, seu pai Burhanuddin Rabbani, foi assassinado em setembro de 2011. O assassinato paralisou o esforços de paz entre os dois países. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoAfeganistãonegociação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.