Afeganistão estima participação eleitoral em cerca de 50%

Contagem continua em quatro províncias; vencedor das eleições presidenciais ainda permanece indefinido

Efe,

21 de agosto de 2009 | 05h34

Um porta-voz da Comissão Eleitoral do Afeganistão estimou nesta sexta-feira, 21, que a participação nas eleições presidenciais de quinta-feira foi de cerca de 50% dos eleitores, faltando apurar votos em quatro províncias.

 

A Comissão ainda está fazendo a apuração das eleições provinciais em Cabul, Nangarhar, Baghlan e Herat, segundo o porta-voz da organização, Nour Mohammed Noor, que confirmou o fim da contagem nas demais áreas do país.

 

O porta-voz, no entanto, se mostrou crítico às declarações de vitória dos candidatos, que começaram hoje, apesar da ausência de números oficiais, a se dizerem ganhadores.

 

"Nem confirmamos nem aceitamos essas reivindicações. Começaremos a informar sobre a apuração a partir de 25 de agosto. Portanto, nenhum candidato pode se atribuir a vitória", disse o porta-voz da Comissão Eleitoral.

 

Os analistas temiam uma baixa participação nas eleições, depois que os talebans pediram o boicote do pleito e ameaçaram a população com ataques e atos violentos para desestabilizar o processo.

 

Cerca de 17 milhões dos afegãos foram convocados às urnas nas eleições presidenciais. Durante a jornada, aproximadamente 50 pessoas morreram em ataques e combates, entre insurgentes, civis e membros das forças de segurança.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.