Afeganistão estuda antecipar eleição presidencial

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, disse nesta quinta-feira que estuda a possibilidade de antecipar a eleição presidencial para 2013 para que não coincida com a retirada de tropas estrangeiras do país.

AE, Agência Estado

12 de abril de 2012 | 08h53

A próxima corrida presidencial está marcada para 2014 e a maioria dos combatentes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) deixará o Afeganistão até o fim do mesmo ano. Até lá, Karzai estará completando seu segundo mandato de cinco anos e a Constituição o proíbe de concorrer a um terceiro mandato.

"Já faz alguns meses que estou discutindo isso", disse Karzai. Segundo o presidente, o governo não sabe se conseguirá lidar simultaneamente com a retirada das tropas internacionais e a eleição presidencial.

Karzai, no entanto, disse que uma decisão final sobre a antecipação da eleição não será tomada no curto prazo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.