Afegãos dizem que Otan matou civis em ataque

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) afirmou hoje ter matado vários rebeldes, dentre eles um líder do Taleban, em um ataque na cidade de Kandahar (sul do Afeganistão). Moradores locais, porém, dizem que os oito mortos eram todos civis.

AE-AP, COM DOW JONES, Agência Estado

28 de junho de 2010 | 17h33

Segundo um comunicado da coalizão estrangeira presente no país asiático, os homens foram mortos depois de atirarem contra os soldados, que tentavam revistar um complexo habitacional em busca de Shyster Uhstad Khan, um comandante taleban. Segundo a coalizão estrangeira, Khan está entre os mortos. "Nenhum dano foi feito ao complexo e várias mulheres e crianças foram protegidas durante as buscas", diz o comunicado, que nega que qualquer civil tenha sido morto.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoOtanviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.