Aficionado por exercícios ocupa a Casa Branca

Todos os dias há um "buraco negro" de um par de horas no programa de trabalho do presidente americano George Bush, dedicado a "atividades privadas".Embora essa explicação seja vaga, todo mundo na Casa Branca sabe que o novo ocupante do Salão Oval fica nervoso quando não pode correr e levantar pesos pelo menos uma vez por dia. O entusiasmo de Bush pelos exercícios físicos nunca foi mistério, mas muitos achavam que o volume de trabalho que o esperava em sua nova função deixaria ao presidente pouco tempo para cumprir seu rito diário. No entanto, eles se enganaram. "Quando volta para casa, no final de um dia de trabalho o presidente gosta de fazer um pouco de ginástica e já ordenou que lhe comprassem uma série de pesos", confirmou seu porta-voz, Ari Fleischer. Bush consegue correr 5 quilômetros seguidos em ritmo intenso. Segundo ele, correr o ajuda a pensar melhor. "Criei, enquanto corria, os meus melhores discursos", revelou Bush, "mas na hora da ducha eu os esquecia".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.