África: 7 mortos pisoteados por multidão

Sete pessoas morreram pisoteadas e nove ficaram feridas em uma estação ferroviária de Johannesburgo, na África do Sul, quando uma multidão descontrolada tentava tomar um trem. De acordo com Willem Villiers, um porta-voz do serviço ferroviário local, o portão de acesso a plataforma havia sido fechado por seguranças da estação porque o trem já estava lotado. Segundo ele, o tumulto começou quando foi anunciado que o trem estava pronto para partir dentro dos próximos 10 minutos. Três mulheres, dois homens e duas crianças morreram nos degraus da plataforma pisoteados pela multidão, que decidiu descer por uma passarela com o objetivo de entrar no vagão do trem. O destino do trem era a cidade de Mafikeng.No último dia 19 de fevereiro, revoltados com a demora do trem, uma multidão enfurecida ateou fogo na estação. Em julho de 1996, 15 pessoas morreram e 88 ficaram feridas durante um tumulto, quando uma multidão tentava fugir dos seguranças da estação que controlavam os ingressos de embarque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.