África do Sul: Mineiros iniciam greve

Dezenas de milhares de trabalhadores de minas de ouro da África do Sul ausentaram-se do trabalho nesta quarta-feira depois de iniciarem uma nova greve para exigir melhores salários.

AE, Agência Estado

04 Setembro 2013 | 13h02

Não há informações iniciais sobre episódios de violência relacionados à greve. No ano passado, a repressão da polícia a mineradores em greve deixou dezenas de mortos.

A paralisação teve início já na noite de ontem, liderada pelo Sindicato Nacional de Mineiros, que representa mais de 80 mil trabalhadores do setor.

Os líderes da greve afirmam que a paralisação persistirá enquanto suas demandas não forem atendidas. Eles exigem reajuste salarial de 60%, quase dez vezes mais o que foi oferecido pelas mineradoras.

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, conclamou as partes a chegarem a um acordo. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
África do Sulmineirosgreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.