África do Sul não sabe quem será a primeira-dama do país

Jacob Zuma se casou cinco vezes e permanece casado com três mulheres; mais jovem é favorita ao posto

Reuters,

23 de abril de 2009 | 07h32

Pouca gente duvida que o próximo presidente da África do Sul seja Jacob Zuma, líder do partido governista Congresso Nacional Africano (CNA), mas o que ninguém sabe é qual de suas três mulheres será a primeira-dama. A poligamia é legalmente permitida por ser um costume zulu. Zuma se casou cinco vezes e permanece casado com três mulheres - uma pediu o divórcio e outra se suicidou.

 

Zuma dança com Nompumelelo Ntuli, a mais nova de suas esposas. Foto: AP

 

Sizakele Khumalo, casada com Zuma há 35 anos, seria a favorita não fosse a timidez. Ela raramente aparece em público, o que abriu caminho para Nompumelelo Ntuli, 34 anos, mais acostumada às festas e compromissos oficiais. Thobeka Mabhija, 35 anos, se casou com Zuma em janeiro e corre por fora. O líder sul-africano não comenta o assunto, que é um tabu também entre amigos e companheiros de partido. "Amo todas elas", diz Zuma.

Tudo o que sabemos sobre:
África do Suleleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.