AFP PHOTO / ARIS MESSINIS
AFP PHOTO / ARIS MESSINIS

Africano se afoga diante de turistas em Veneza

Ninguém teria se voluntariado a tentar salvar homem de origem gambiana no Canal Grande

O Estado de S.Paulo

26 Janeiro 2017 | 19h31

ROMA - O Ministério Público da Itália abriu uma investigação nesta quinta-feira, 26, para investigar um vídeo no qual um homem de origem africana se afoga diante de turistas no Grande Canal de Veneza. 

Ao menos três coletes salva-vidas foram atirados na água para ajudá-lo, mas ele não alcançou as vestes. Ninguém mergulhou para tentar salvá-lo. Especula-se que o homem, identificado como Pateh Sabally, um gambiano de 22 anos, tentou se matar. O incidente ocorreu no domingo. 

"Ele é burro, ele quer morrer", diz uma pessoa num vídeo divulgado na internet.

Mais de 181 mil imigrantes chegaram à Itália pelo Mar Mediterrâneo no ano passado, a maior parte deles de países da África Subsaariana. O aumento em comparação com 2015 foi de 18%. /REUTERS

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.