Afundamento de túnel deixa três mortos na China

Equipes de resgate têm dificuldades com a água, pois a cratera foi inundada com as águas de um rio próximo

EFE

16 de novembro de 2008 | 04h28

O afundamento de um túnel de metrô em construção na cidade de Hangzhou, leste da China, matou três pessoas e feriu 19 e outras 17 estão desaparecidas, informou neste domingo a agência oficial de notícias, "Xinhua".  O desabamento de uma seção de 75 metros do túnel criou uma cratera no qual ficaram presos 11 veículos, além dos operários que trabalhavam em sua construção. Além disso, 19 feridos foram levados ao hospital para receber tratamento. As equipes de resgate conseguiram retirar os 11 automóveis, com todos seus passageiros fora de perigo, disse a fonte oficial. As equipes de salvamento têm dificuldades também com a água, já que a cratera foi inundada com as águas de um rio próximo ao local do acidente. O túnel pertencia à linha 1 do metrô de Hangzhou, cuja rede começou a ser construída em março do presente ano. A companhia construtora ordenou reforçar as seções do túnel contíguas para evitar outros desmoronamentos.

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAMETRÔACIDENTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.