Agência alemã adverte para falha no navegador Firefox

Órgão recomenda que internautas suspendam o uso até vulnerabilidade ser sanada.

BBC Brasil, BBC

22 de março de 2010 | 20h48

O órgão do governo da Alemanha responsável pela segurança informática no país recomendou, nesta segunda-feira, que os internautas evitem usar o navegador Firefox 3.6 por causa de uma vulnerabilidade no sistema.

O Escritório Federal para Segurança da Informação (BSI, na sigla em alemão) afirma que a falha, confirmada pela empresa Mozilla, responsável pelo navegador, permite que hackers usem programas nas máquinas com a versão atual do Firefox - 3.6.

A empresa já havia admitido o problema na semana passada e afirma que a nova versão do Firefox, a ser lançada no final do mês, corrigirá o problema, que afeta.

Uma versão teste do navegador, a 3.6.2, está disponível, mas não foi totalmente testada.

O fabricante não comentou imediatamente a decisão alemã.

Em janeiro, a agência alemã havia emitido aviso similar referente ao internet Explorer da Microsoft, medida adotada pela França dias depois.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.