Agência da ONU interrompe serviço em Gaza e culpa Israel

A Unrwa - agência da ONU responsável pela ajuda humanitária aos palestinos necessitados - interrompeu a distribuição de comida em Gaza, devido ao endurecimento das restrições israelenses na única passagem comercial entre o Estado judeu e a Faixa de Gaza. Por meio de um comunicado, a Unrwa informou que a proibição israelense ao transporte de contêineres vazios para fora da Faixa de Gaza obrigou a entidade a suspender a entrega de 11.000 toneladas de comida, por falta de dinheiro para armazenar os contêineres vazios.Israel instituiu o novo procedimento depois de dois militantes suicidas palestinos terem entrado em seu território em 14 de março escondidos no compartimento oculto de um contêiner vazio transportado para fora de Gaza. Quando o contêiner chegou ao porto de Ashdod, eles saíram do esconderijo e detonaram explosivos, causando a morte de dez israelenses.Desde então, apesar de as autoridades israelenses continuarem permitindo a entrada de ajuda humanitária em Gaza, elas suspenderam autorização para a saída dos contêineres vazios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.