Agente de origem árabe processa o FBI por racismo

Um agente de alto escalão do FBI está processando a polícia federal americana, acusando o bureau de racismo, ao isolá-lo das investigações sobre os atnetados de 11 de setembro de 2001. O processo descreve Bassem Youssef como o único agente qualificado para conduzir testes de detector de mentiras em língua árabe, e com contatos importantes do Oriente Médio. Não obstante, ele alega ter sido excluído de todas as apurações de importância relacionadas ao seqüestro de aviões e ataques de 11 de setembro.

Agencia Estado,

19 Julho 2003 | 17h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.