Agentes humanitárias morrem em emboscada

Três agentes humanitárias e seu motorista e foram mortos ontem em uma emboscada de militantes afegãos na Província de Logar, ao sul de Cabul. Elas trabalhavam para a ONG Comitê Internacional de Resgate, com sede em Nova York. Duas tinham nacionalidade canadense e uma era americana. O carro em que viajavam ficou cravejado de balas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.