Agentes palestinos protestam em Gaza por falta de salário

Centenas de membros das forças de segurança palestinas se manifestaram neste sábado em várias cidades da Faixa de Gaza em protesto contra a falta de pagamento de seus salários pelo governo dirigido pelo Hamas.As concentrações ocorreram no sul e no norte da Faixa de Gaza, onde grupos de manifestantes bloquearam estradas com pneus em chamas e impediram que veículos chegassem à Cidade de Gaza. Os participantes, principalmente membros do movimentonacionalista Fatah, acusaram o governo do Hamas de incompetência, por não ter conseguido superar o boicote econômico a que foi submetido desde que tomou o poder, em março. Os protestos deste sábado seguem a manifestação desta sexta-feira, na qual milhares de ativistas do Hamas se concentraram na Cidade de Gaza para expressar seu apoio ao primeiro-ministro palestino, Ismail Haniyeh. Desde a posse do atual governo palestino, os mais 165 mil funcionários da Autoridade Nacional Palestina (ANP) não receberam a maior parte de seus salários. A União Européia (UE) e os Estados Unidos impuseram um boicote econômico à ANP devido à negativa do Hamas a reconhecer o direito de Israel a existir e a anunciar sua renúncia à luta armada. O ministro do Planejamento palestino, Samir Abu Aisha, anunciou que bancos na Cisjordânia e Gaza começaram a distribuir os salários correspondentes ao mês de novembro entre os funcionários do setor da saúde. Abu Aisha cumpre também as funções de ministro das Finanças desde que o responsável pela pasta foi detido pelo Exército israelense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.