Agentes sauditas são decapitados por tráfico de drogas

Três agentes sauditas de segurança foramdecapitados no norte da Arábia Saudita neste domingo,depois de terem sido condenados à morte por tráfico de haxixe epor utilizarem veículos públicos para traficar drogas, informouo Ministério do Interior do país árabe. Khamis bin Mabrouk al-Sayeri, Nasser bin Mohammed al-Fahadi eZidan al-Oqaili al-Anzi foram presos quando carregavam umaquantidade não revelada de haxixe em carros pertencentes àguarda de fronteira da Arábia Saudita. Eles foram decapitados em Arar, no norte saudita, dizia umcomunicado do Ministério do Exterior. Com as decapitações de hoje, já são 13 as pessoas executadasno país em 2003. No ano passado, 52 condenações à morte foramlevadas a cabo na Arábia Saudita. A maior parte dos condenadosrespondia por tráfico de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.