Agentes sequestrados no Sinai são libertados, diz TV

A rede estatal de televisão do Egito informou que seis policiais e um oficial de fronteira sequestrados por supostos militantes na península do Sinai na semana passada foram libertados.

AE, Agência Estado

22 de maio de 2013 | 03h34

A reportagem alega que os homens foram soltos no meio do deserto pelos sequestradores e militares estavam levando-os na quarta-feira de volta para a capital egípcia, Cairo.

O porta-voz dos militares, o coronel Ahmed Mohammed Ali, confirmou a libertação na página oficial do Exército no Facebook, dizendo que a liberdade dos homens veio como "resultado dos esforços de inteligência militar, em cooperação com honráveis líderes tribais e moradores do Sinai".

O incidente ocorreu poucas horas depois de o Exército egípcio lançar uma varredura em massa, buscando os sete na península que faz fronteira com a Faixa de Gaza e Israel. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
egitosequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.