Agricultores mantêm greve no Peru

Depois de atacar um ônibus de turistas ontem, agricultores peruanos voltaram a agir com violência nesta quinta-feira. Os protestos obrigaram as autoridades a transferir 250 turistas do município de Tarapoto, no norte do país, para Trujillo, no litoral, em um avião do Exército. Com a suspensão dos vôos comerciais, 500 turistas nacionais e estrangeiros ficaram bloqueados na cidade, dos quais 250 ainda continuam presos no local. Um avião da empresa aérea comercial Aerocondor com 40 passageiros a bordo foi impedido de decolar rumo a Lima hoje, porque os grevistas ocuparam o campo de aterrissagem. Os produtores de arroz, que estão em seu oitavo dia de protesto, querem que o governo compre o excedente de produção, pague os seus débitos aos bancos privados e recue na decisão de implementar um imposto de venda. Mais de 100 pessoas foram feridas ontem durante o confronto entre policiais e produtores. As principais ruas da cidade continuam bloqueadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.