Andrew Gombert/EFE
Andrew Gombert/EFE

Ahmadinejad afirma que palestinos realizarão sonho de ter um Estado

Presidente iraniano diz que Estado palestino virá, se não neste ano, no próximo

Efe

22 Setembro 2011 | 11h45

MOSCOU - O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, garantiu nesta quinta-feira, 22, que "se o sonho dos palestinos de terem um Estado legítimo não for realizado neste ano, será no ano seguinte", ou dentro de dois anos.

 

 

Veja também:

lista Leia a íntegra da fala de Dilma

forum ENQUETE: Você concorda?

blog AO VIVO: Os discursos na AG

tabela HOTSITE: A busca pelo Estado

blog GUSTAVO CHACRA: O Estado palestino

lista ENTENDA: O que os palestinos buscam na ONU
especialESPECIAL: As disputas territoriais no Oriente Médio

 

 

Em declarações concedidas ao canal de televisão russo "RT", Ahmadinejad, um defensor ferrenho da causa palestina, destacou que "a independência ocorrerá com certeza e ninguém será capaz de impedi-la".

 

 

"A Palestina existia antes da Segunda Guerra Mundial e também da Primeira Guerra Mundial. Todos os povos têm direito à autodeterminação", afirmou o líder iraniano.

 

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, deve apresentar nesta sexta-feira o pedido palestino de adesão à ONU através da entrega de uma carta ao secretário-geral, Ban Ki-moon, que enviará a reivindicação ao Conselho de Segurança caso seja comprovado que a solicitação palestina se ajusta ao artigo 4 da Carta das Nações.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.