Ahmadinejad chega a Cuba fazendo o 'V' de vitória

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, chegou ontem a Cuba - a terceira etapa de sua viagem pela América Latina - fazendo o "V" de vitória. Na visita a países da região críticos aos EUA, Ahmadinejad busca consolidar o apoio da região ao programa nuclear do Irã, que teria fins pacíficos, segundo Teerã.

HAVANA, O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2012 | 03h05

De acordo com a agenda oficial da visita de menos de 24 horas à ilha, o presidente do Irã se encontraria ontem com seu colega cubano, Raúl Castro, após participar como orador de uma conferência na Universidade de Havana, onde declarou que o "capitalismo está em decadência" e propôs criar "uma nova ordem mundial". Ele concentrou seus ataques sobre as potências ocidentais, especialmente os EUA, mas sem mencionar a polêmica por causa de seu programa nuclear.

Segundo a imprensa do Irã, Ahmadinejad também deve se reunir com Fidel Castro, que já criticou a retórica antijudaica do iraniano.

Ahmadinejad foi recebido no aeroporto de Havana pelo vice-presidente cubano, Esteban Lazo. Após fazer o sinal de vitória várias vezes, o iraniano retirou-se do terminal em um carro oficial, sem dar declarações à imprensa.

Hoje, Ahmadinejad continua seu giro pela América Latina - que já incluiu Venezuela e Nicarágua. Ele viaja para o Equador, onde deve se reunir com o presidente Rafael Correa. / REUTERS e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.