Ahmadinejad diz que 'quebrará mão' de quem atacar Irã

Presidente iraniano adverte que seus militares agirão antes que 'puxem o gatilho' contra instalações nucleares

Agência Estado e Associated Press,

21 de setembro de 2008 | 16h36

O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad advertiu nesta domingo, 21, que seus militares irão "quebrar a mão" de qualquer país que tiver como alvo as instalações nucleares do país. Ahmadinejad discursou durante uma parada militar que incluía um enorme banner com a frase "Israel deveria ser eliminado do universo", tanto em inglês como em farsi."Se alguém se permitir cometer uma mínima agressão contra os interesses legítimos, as fronteiras e a terra sagrada do Irã, nossas forças armadas irão quebrar sua mão antes que puxem o gatilho", disse o presidente iraniano.   O programa nuclear de Teerã, que o Ocidente alega ser um disfarce para o desenvolvimento de armas nucleares, já fez com que a ONU impusesse três rodadas de sanções ao país.Ahmadinejad declarou neste domingo que essas sanções apenas ajudam o país a conseguir auto-suficiência. "Aqueles que um dia nos impuseram sanções deveriam abrir seus olhos e ver as conquistas técnicas de nossa nação", afirmou.  

Tudo o que sabemos sobre:
Irãprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.